pancada na veia, confunde sua mente
compartilhe
Eu levo a sério, mas você disfarça, você me diz à beça e eu nessa de horror e me remete ao frio que vem lá do sul, insiste em zero a zero e eu quero um a um! Sei lá o que te dá, não quer meu calor, São Jorge, por favor, me empresta o dragão, mais fácil aprender japonês em braile do que você decidir se dá ou não.
Se, Djavan.
compartilhe
Vai ter sempre algo. Uma roupa pra buscar, uma festa de aniversário de algum amigo em comum, um truque novo na cama, um episódio de estreia daqueles seriados que você me ensinou gostar, a doença da sua mãe. Essas pequenas coisas. De algo em algo, a gente vai levando. Mesmo num amor de linhas tortas como o nosso, o fim parece um erro, como um ponto final no meio da frase.
Gabito Nunes.     (via com-versos)
compartilhe
É que nem todo amor é sentido da mesma maneira.
João Paulo Ferreira. 
spunkes